cifra simplificada

Novilha – Sérgio Reis

Introdução: D A D  

 

Retirou o trinco da cancela  
                            A 
Dentro da fazenda do meu peito  
 
Pôs o seu sorriso na varanda,  
G                              D 
Descansou seu dorso no meu leito. 
 
Bebeu da água limpa do meu rio  
            D                  G 
Correu no verde pasto do meu campo  
                             D 
No gosto doce desse amor brioso  
                   A                     D   
Quero galopar de novo no teu corpo maravilha –  
G                           D 
Dentro da fazenda do meu peito  
                    A                       D 
Eu preciso dar um jeito de amansar essa novilha.  
 
A       D                      G 
A porteira do meu coração se abriu  
A                           D 
Ela entrou e nunca mais saiu –  
                                G 
A porteira do meu coração se abriu      
A                         D       Introdução:  
Ela entrou e nunca mais saiu.  
 
D  
Nos mourões, na cerca, na cocheira  
                                A 
Tem uma paixão que o vento espalha  
                          
Fere com esporas minha alma  
G                            D 
Molha meu amor, chapéu de palha.  
 
Quero me encontrar nos teus encantos  
                D                 G 
Desfrutar nas sombras dos teus beijos  
                          D 
Gosto da emoção da tua boca  
                          A                      D   
Me entreguei de rédeas soltas alazão quarto de milha.  
G                          D 
Dentro da fazenda do meu peito  
                    A                        D 
Eu preciso dar um jeito de amansar essa novilha.

 


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *