Perdida e Salva – Sandy

 

G    C     D            G
Tentativas vãs de descrever
      C     D
O que me calou
G     C       D             G
Me roubou palavras e chão e ar
      C      D
Me roubou de mim

Em      D     C   G
E a dor some no vazio
Em        D       C
Que o seu beijo preencheu
Em      D      C    G
Na flor somem os espinhos
Am         C           D
É assim , o mundo que você me deu

G   D        Em             C
Não há, sensação melhor não há
G        D    Em          C
Sinto estar, perdida e salva

( G  C  D  G   C  D )

G       C  D           G
Tentativas vãs de libertar
      C     D
O sentido maior
G        C          D            G
Que as palavras prenderam quando eu
      C    D
Disse amo você

Em      D    C     G
E a dor some no vazio
Em        D            C
Que o seu beijo preencheu
Em      D      C       G
Na flor somem os espinhos
Am         C           D
É assim , o mundo que você me deu

G   D        Em             C
Não há, sensação melhor não há
G        D    Em          C
Sinto estar, perdida e salva

Am                 D
Em lugar de mil palavras
          G             C
Deixo o extinto se exercer
        Am        Bm
Deixa o íntimo silêncio
     C     D
Percorrer só

G   C     D
Apesar de ser tão claro
G         C         D
Eu não consigo entender
G    C      D
E apesar de ser tão imenso
        Am
cabe em mim
    C       D
O mundo que você me deu

G   D        Em             C
Não há, sensação melhor não há
G        D    Em          C
Sinto estar, perdida e salva
G   D        Em             C
Não há, sensação melhor não há
(Em lugar de mil palavras)
G        D    Em          D
Sinto estar, perdida e salva

(Deixa o íntimo silêncio percorrer)

 


 

Aquela dos 30 – Sandy

D                Bm
Hoje já é quinta-feira
                    G
E eu já tenho quase 30
               D
Acabou a brincadeira
                    Bm
E aumentou em mim a pressa
                     G
De ser tudo o que eu queria
                              D
E ter mais tempo pra me exercer

 

 

D
Tenho sonhos adolescentes
Bm            G
Mas as costas doem
A
Sou jovem pra ser velha
G
E velha pra ser jovem
D                    Bm   G
Tenho discos de 87 e de 2009
A
Sou jovem pra ser velha
G                    D
E velha pra ser jovem

D                Bm
Hoje já é quinta-feira
                       G
E há pouco tinha quase 20
                   D
Tantos planos eu fazia
                      Bm
E eu achava que em 10 anos
            G
Viveria uma vida
                              D
E não me faltaria tanto pra ver

(REFRÃO)

D
Tempo falta
     Bm
E me faz tanta falta
G                       D
Preciso de um tempo maior
                                 Bm
Que a vida que eu não tenho toda pela frente
     G                          D
E do tamanho do que a alma sente

D
Tenho sonhos adolescentes
Bm            G
Mas as costas doem
A
Sou jovem pra ser velha
G
E velha pra ser jovem
D                    Bm   G
Tenho discos de 87 e de 2009
A
Sou jovem pra ser velha
G                    D
E velha pra ser jovem

D
Tenho sonhos adolescentes
Bm            G
Mas as costas doem
A
Sou jovem pra ser velha
G
E velha pra ser jovem
D
Dou valor ao que a alma sente
    Bm           G
Mas já curti Bon Jovi
A
Sou jovem pra ser velha
G                    D
E velha pra ser jovem

D               Bm
Já é quase meia-noite
            G
Quase sexta-feira
                    D
E me falta tanto ainda

 


 

Morada – Sandy

 

A                          D 
Como cortar pela raiz se já deu     flor?
 Bm                E            A 
Como inventar um adeus se já é amor? (bis)

F#m                  D      E         Bm                         E           A       E
Não quero reescrever as nossas linhas, que se não fossem tortas não teriam se encontrado
F#m                D      E        Bm                       E              A
Não quero redescobrir a minha verdade, se ela me parece tão mais minha quando é nossa

F#m                D      E        Bm       E     A   E
Não me deixe preencher com vazios o espaço que é só teu
F#m                          D       E
Não se encante em outro canto se aqui comigo
 Bm      E    A      E
Você já fez morada…

 


 

Pés Cansados – Sandy

Intro 2x: A  D   A

 

 A  D         A  
        Fiz mais do que posso
D               A
   Vi mais do que agüento
     D                 F#m          F#m
E a areia dos meus olhos       é a mesma
       D                 
Que acolheu minhas pegadas
    A                     A
  Depois de tanto caminhar
    D                   
  Depois de quase desistir
     F#m                     F#m        D
  Os mesmos pés cansados voltam pra você.
    Bm
Pra você.

Intervalo: D  A

Pré-Refrão:
D             A
Eu lutei contra tudo
D                 A
Eu fugi o que era seguro
      D          F#m
Descobri que é possível viver só
        D
Mas num mundo sem verdade.

Refrão:
   A
Depois de tanto caminhar
   D
Depois de quase desistir
    F#m                          D
Os mesmos pés cansados voltam pra você.
  Bm
Pra você.

    C#m
Sem medo de te pertencer.
        D
Voltam pra você.

   A
Depois de tanto caminhar
   D
Depois de quase desistir
   F#m                           D
Os mesmos pés cansados voltam pra você.

      A
Meus pés cansados de lutar
      D
Meus pés cansados de fugir
     F#m                         D
Os mesmos pés cansados voltam pra você.
   Bm      D A
Pra você

 


 

Me espera – Sandy

 

C      G     C 
Eu ainda estou a__qui
        G  C      F
Perdido em  mil ver__sões 
   Am  G    C  
Irre____ais de   mim

G     C  
Es__tou a___qui 
          G  C    F
Por trás de   to_do o caos
       Am  G   C     G   
Em que a   vi_da   se fez

Refrão:
 
 F              C         Dm
Tenta me reconhecer no temporal
        C  G  C   
Me espera
 F                 C
Tenta não se acostumar
          Dm
Eu volto já
        C   
Me espera

Segunda Parte:

C          G    C  
Eu que tanto   me per__di
        G  C    F
Em sãs de___si_lu___sões
  Am  G         C
Ide____ais     de mim

 G      C    
Não me esque___ci
 G       C  F
De  quem eu  sou
         Am  G     C  Dm     G
E o quanto   de_vo    a vo___cê

Terceira Parte:

       F
Mesmo quando me descuido

Me desloco

Me deslumbro
         C
Perco o foco

Perco o chão

E perco o ar
                       Dm
Me reconheço em teu olhar
         C            G   
Que é o fio pra me guiar
    F        G   
De volta, de volta

Refrão Final:

 F              C         Dm
Tenta me reconhecer no temporal
        F     C
Me espera
         Dm
No temporal
        C
Me espera

  F                C
Tenta não se acostumar
          Dm
Eu volto já
        C
Me espera

C      G      C   
Eu ainda estou a__qui

 


 

Eu Escolho Você – Sandy

E
a vida é curta

mas os sonhos não são
E
eu rio do pasado

espero o futuro com a faca na mão

F#                        A
defino cada passo que dou
F#                           Am
minhas escolhas revelam o que eu sou

Refrão:

        E               C
e eu escolho você com todos seus defeitos
    E                   C
e esse jeito torto de ser
      E              B
eu escolho você destino imperfeito
 C#m                     A
todo carne, osso e confusão

E
quem vive de principios

não tem meios, nem fins

E
eu quebro as minhas leis

pois só assim elas pertencem a mim

          F#                    A
e eu que sempre fui da turma do talvez
       F#                   Am
me joguei sem paraquedas no sim

Refrão:

        E               C
e eu escolho você com todos seus defeitos
    E                  C
e esse jeito torto de ser
     E             B
eu escolho você destino imperfeito
C#m                 A    C
todo carne, osso e confusão

Abm
não tem porque tentar justificar
             C#m
se foi meu coração que decidiu por mim
          F#
mas se a escolha fosse minha
          A                  Am
 eu escolheria você mesmo assim

Refrão:

      E               C
eu escolho você com todos seus defeitos
   E                   C
e esse jeito torto de ser
      E         B
eu escolho destino imperfeito
 C#m                     A       Am
todo carne, osso, pele, boca e coração

        E              C
e eu escolho você com todos seus defeitos
    E                 C
e esse jeito torto de ser
     E              B
eu escolho você destino imperfeito
 C#m                  A    Am    E
todo carne, osso e confusão

 


 

Sim – Sandy

 

           C
Eu senti o vento arrastar
           G          Am
O medo pra longe de mim
C           C
Eu senti o tempo se abrir
         G      Am
E o sol tocar a pele

Dm                G                   Am   G
E eu vi que eu podia mais do que eu sabia
             F            Dm
Eu vi a vida se abrir pra mim
                 Am
Quando eu disse sim

          C
Eu disse sim pro mundo
          Ab
Eu disse sim pros sonhos
       F                  Fm
E pra tudo o quê eu não previa
           C
Sim pro inexplicavel
           Ab
Eu disse, sim, eu caso
          F                    Fm
Eu disse sim pra tudo o que eu podia
      Dm     Fm               C   C   G  Am
E eu podia mais do que eu sabia

 C         C
Eu vivi fugindo de arrependimentos
    G       Am
Sem me redimir
 C           C
Me perdi, navegando em erros
       G       Am
Sem buscar o leme

Dm                G                   Am   G
E eu vi que eu podia mais do que eu sabia
             F            Dm
Eu vi a vida se abrir pra mim
                 Am
Quando eu disse sim