Ainda ontem chorei de saudade – Milionário e José Rico

Intro: C Dm G C G C  F C G C

 

                 Am                 Dm
Você me pede na carta que eu desapareça
    G                                         C    G
Que eu nunca mais te procure, prá sempre te esqueça
 C                  Am                  Dm
Posso fazer sua vontade, atender seu pedido
 G                                    C   G
Mas te esquecer é bobagem, é tempo perdido
 C                        G
Ainda ontem chorei de saudade
                 Dm             C   G
Relendo a carta, sentindo o perfume
 C                                   G
Mas que fazer com essa dor que me invade
Dm        F          G        C   G
Mato esse amor ou me mata, o ciúme

Solo:

C                  Am                  Dm
O dia inteiro te odeio te busco e te caço
G                                           C    G
Mas em meu sonho de noite eu te beijo e te abraço
 C                   Am                       Dm
Porque os sonho são meus ninguém rouba e nem tira
 G                                       C   G
Melhor sonhar na verdade, que amar na mentira

 


 

Dama de Vermelho – Milionário e José Rico

Introdução:  G  D   G  D  G  D

 

       G                      Bm                              C
Garçom olhe pelo espelho, a dama de vermelho,
                            D                      C
Que vai se levantar, note que até a orquestra, 
                      D                                            G
Fica toda em festa, quando ela sai para dançar,
         G                           Bm                           C
Esta dama já me pertenceu, e o culpado fui eu, da separação.
C                       G                                    D
Hoje choro de ciúmes, ciúme até do perfume 
                                 G
Que ela deixa no salão.

                D                                         G
Garçom amigo,      apague a luz da minha mesa,
                                    D                                 G   
Eu não quero que ela note,       em mim tanta tristeza,
                                D                                G
Traga mais uma garrafa,      hoje vou embriagar-me
                                     Am     D                                        G
Quero dormir para não ver,          outro homem lhe abraçar.

 

                D                                          G
Garçom amigo,      apague a luz da minha mesa,
                                    D                              G   
Eu não quero que ela note,       em mim tanta tristeza,
                                D                               G
Traga mais uma garrafa,      hoje vou embriagar-me
                                     Am  D                                        G
Quero dormir para não ver,          outro homem lhe abraçar.

 


 

Duas Camisas – Milionário e José Rico

Intro: G C F C G C G

 

       C        G    C
Você agora vai decidir

Qual de nós dois será o homem
           F         C    G
Que você quer pra viver
               F    G     F   C
Assim não posso continuar
           G
Você me encontra durante o dia
                             C   G    C
E quando é noite tem que voltar
         G         C
Se eu tiver duas camisas
     G
E alguém chegar com frio
          C           G       C
Uma eu darei mas no amor sou egoísta
        G
Eu não quero sentir seu sócio
                        C
Jamais querida consentirei

 


 

O Último Julgamento – Milionário e José Rico

D
Senta aqui neste banco pertinho de mim
             A
Vamos conversar
Em                   A
Será que você tem coragem

De olhar nos meus olhos
          D
E me encarar

  D                 A
Agora chegou a sua hora
            G
Chegou sua vez
            A
Você vai pagar
   G                  D
Eu sou a própria verdade
            A
Chegou o momento
              D
Eu vou te julgar
   D
Pedi para você não matar
Nem pra roubar
            A
Roubou e matou
Em              A
Pedi pra você agazalhar
A quem tem frio
                D
Você não agazalhou
   D                A              G
Pedi para não levantar falso testemunho
           A
Você levantou
   G                D
A vida de muitos coitados
           A
Você destruiu
          D
Você arrasou
     D
Meu pai lhe deu inteligência
Para salvar vidas
             A
Você não salvou
Em                    A
Em vez de curar os enfermos
                           D
Armas nucleares você fabricou
  D                 A
Usando a sua capacidade
           G
Você destruiu
              A
Você se condenou
  G               D
A sua ganância foi tanta
            A                 D
Que a você mesmo você exterminou
     D
O avião que você inventou
                              A
Foi para levar a paz e a esperança
Em                    A
Não para matar seus irmãos
Nem para jogar bombas
              D
Nas minhas crianças
       D                   A
Foi você que causou esta guerra
            G                   A
Destruiu a terra dos seus ancestrais
     G            D
Você é chamado de homem
       A          D
Mais é o pior dos animais
             A                 D
Agora que estais acabado para sempre
              A                  D
Vou ver se você é culpado ou inocente
           G                   D
Você é um monstro covarde e profano
               A                D
É um grão de areia frente ao oceano
               A
Seu ouro falou alto
               D
Você tudo comprou
                A
Pisou nos mandamentos
                     D
Que a lei santa ensinou
                G                  D
A mim você não compra com dinheiro seu
               A                D
Eu sou Jesus Cristo o filho de Deus

 


 

A Fossa – Milionário e José Rico

 

 C                                       G 
Não me envergonho em dizer que estou na fossa 
                                       C 
Falar a verdade é um direito que me assiste 
                                    G 
Não acredito que exista alguém que possa 
                               C 
Ficar calado em situação tão triste. 
         C                     F 
Assim ausente de quem amo loucamente 
        G                   C 
Sem piedade a saudade me devora 
          C                          F 
Estou cantando com a garganta simplesmente 
          G                             C 
Mas aqui dentro tudo em mim lamenta e chora. 

 G     E    G             F         C 
         A fossa nasce de uma despedida 
G     E     G             F             C 
         A fossa é tempestade em nossa vida.

          C                         G 
Fiquei jogado para as traças do destino 
                                   C 
E o desatino pouco a pouco me destroça 
                                  G 
Choramingando tal e qual um pequenino 
                                  C 
Vou soluçando e curtindo a minha fossa. 
       C                      F 
E o roceiro quando pede chuva mansa 
       G                      C 
O poderoso faz chover na sua roça 
          C                     F 
Por isso fico alimentando a esperança 
         G                        C 
E tenho fé que vou sair da minha fossa. 

 


 

Estrada da Vida – Milionário e José Rico

 

        C      G      C
Nesta longa estrada da vida
                           G
Vou correndo e não posso parar
        F                C
Na esperança de ser campeão
     G                  C     
Alcançando o primeiro lugar
        F                C
Na esperança de ser campeão
     G                  C    
Alcançando o primeiro lugar

       F
Mas o tempo cercou minha estrada
            G      C
E o cansaço me dominou
                       G
Minhas vistas se escureceram
      F         G       C
E o final da corrida chegou

(Intro)

     C      G        C
Este é um exemplo da vida
                           G
Para quem não quer compreender
       F               C
Nós devemos ser o que somos
      G                 C    
Ter aquilo que bem merecer
       F               C
Nós devemos ser o que somos
      G                 C   
Ter aquilo que bem merecer

       F
Mas o tempo cercou minha estrada
            G      C
E o cansaço me dominou
                       G
Minhas vistas se escureceram
      F         G       C
E o final desta vida chegou.

 


 

Sonhei com Você – Milionário e José Rico

 

   A             E       A
Depois de muito tempo acordado
      A        E       A
Já cansado de tanto sofrer
             D           A
Esta noite dormi um pouquinho
            E
Sonhei com você

Você apareceu em meu quarto
     Bm                E
E sorrindo me estendeu a mão
                                       E
Se atirou em meus braços e beijou-me
        A
Com emoção

     A        E       A
E matando a paixão recolhida
      A        E    A
Num delírio de felicidade
           D        A
Em soluço você me dizia:
  A       D
?Amor, que saudade?!
                E         A
De repente, em menos de minuto
                         E
Você se transformou num vulto
   D      E          A
E logo desapareceu.
      D         E         A
De repente, em menos de minuto
                         E
Você se transformou num vulto
   D      E       A
E logo desapareceu.

  E                   D
Quando acordei não te vi,
          A
Que desespero
        E                 
Minhas lágrimas molharam a fronha
              A
Do meu travesseiro
    E                  D                A
Meu bem, como é maravilhoso sonhar com você!
 E                              A
Amor como é triste acordar e não te ver.

(Intro) 

     A        E       A
E matando a paixão recolhida
      A        E    A
Num delírio de felicidade
           D        A
Em soluço você me dizia:
  A       D
Amor, que saudade?!
                E         A
De repente, em menos de minuto
                         E
Você se transformou num vulto
   D        E       A    
E logo desapareceu.
      D         E         A
De repente, em menos de minuto
                         E
Você se transformou num vulto
   D       E       A
E logo desapareceu.

  E                   D
Quando acordei não te vi,
          A
Que desespero
        E                   E
Minhas lágrimas molharam a fronha
              A
Do meu travesseiro
    E                  D                A
Meu bem, como é maravilhoso sonhar com você!
 E                          A            D   Bm A  
Amor como é triste acordar e não te ver.