Jenifer – Gabriel Diniz

Am

Mas ela veio me xingando

Am

Enchendo o saco, perguntando

F

Quem é essa perua aí?

G          Am

Mas peraí, mas peraí

Am

Você não paga as minhas contas

Am

Já não é da sua conta

F

O que é que eu tô fazendo aqui

G               E

Mas peraí, vou te explicar

F          G

O nome dela é Jennifer

Am

Eu encontrei ela no Tinder

F       G

E não é minha namorada

Am

Mas poderia ser

F          G

O nome dela é Jennifer

Am

Eu encontrei ela no Tinder

F      G

Mas ela faz umas paradas

Am

O que eu não faço com você


18 Quilates – Joelma

[Intro] D  E  F#m

 

                 F#m
Não quero muita coisa
                       A
Nem espero muito de você
                E
Uma hora por semana
                                  F#m
Parece pouco mas é muito pra quem ama

 

D
Eu não vou te algemar
 A
Pelo dedo anelar
    E
Se bem que ficaria lindo 18 quilates
        F#m
na sua mão esquerda
        D                 E
Só por hoje se for pedir muito

[Pré-Refrão]

      D
De você, eu só quero uma rodada de
            E
belos sorrisos
                             C#m
Uma porção extra de muito carinho

Uma dose de desejos para me
  F#m       E
acompanhar

[Refrão]

       D
Se quiser, ir pra quatro paredes
                   E
pode incluir no pedido
                            C#m
A gente mistura suor com gemido
                           F#m      E
É claro, tudo isso se você aceitar
       D                   E                  F#m
18 quilates na sua mão esquerda em cima do altar

( D  E  F#m )

[Segunda Parte]

D
Eu não vou te algemar
 A
Pelo dedo anelar
    E
Se bem que ficaria lindo 18 quilates
        F#m
na sua mão esquerda
        D                 E
Só por hoje se for pedir muito

[Pré-Refrão]

      D
De você, eu só quero uma rodada de
            E
belos sorrisos
                             C#m
Uma porção extra de muito carinho

Uma dose de desejos para me
  F#m       E
acompanhar

[Refrão]

       D
Se quiser, ir pra quatro paredes
                   E
pode incluir no pedido
                            C#m
A gente mistura suor com gemido
                           F#m      E
É claro, tudo isso se você aceitar

[Pré-Refrão]

      D
De você, eu só quero uma rodada de
            E
belos sorrisos
                             C#m
Uma porção extra de muito carinho

Uma dose de desejos para me
  F#m       E
acompanhar

[Refrão]

       D
Se quiser, ir pra quatro paredes
                   E
pode incluir no pedido
                            C#m
A gente mistura suor com gemido
                           F#m      E
É claro, tudo isso se você aceitar
       D                   E                  F#m
18 quilates na sua mão esquerda em cima do altar
       D                   E                  F#m
18 quilates na sua mão esquerda em cima do altar

 


 

Só Pra Castigar – Wesley Safadão

[Intro] C  G  Dm7  F
        C  G  Dm7  F

 

 C            G
Caça briga à toa
    Dm7         F
E adora passar raiva
Nunca vi

C            G              Dm7
Eu queria te entender, na boa
            F
Faz o que quer
E o que não quer de mim

[Pré-Refrão]

  Dm                   F
Até em assunto nada a ver
                   C
Você quer me provocar
                G
Quer me fazer ciúmes de graça

Dm                     F
É, eu não sou de retrucar
                  C
Mas eu vou descontar
          G               F  G
Naquilo que você mais gosta

[Refrão]

 C               G
Hoje, cê vai sentir na pele
                      Dm
O que é que é passar raiva
           F                         C
Vou dar o meu melhor na cama, de pirraça
           G                          Dm
Quando cê for virar o olho, eu vou parar
             F
Só pra castigar

 C               G                    Dm
Hoje, não sobra cabelo arrumado na cabeça
         F                           C
No rumo do seu quarto, hoje ranco a telha
           G                            Dm
Quando cê for virando o olho, eu vou parar
             F
Só pra castigar

[Solo] C  G  Dm  F
       C  G  Dm  F

 

  Dm                   F
Até em assunto nada a ver
                   C
Você quer me provocar
                G
Quer me fazer ciúmes de graça

Dm                     F
É, eu não sou de retrucar
                  C
Mas eu vou descontar
          G               F  G
Naquilo que você mais gosta

[Refrão]

 C               G
Hoje, cê vai sentir na pele
                      Dm
O que é que é passar raiva
           F                         C
Vou dar o meu melhor na cama, de pirraça
           G                          Dm
Quando cê for virar o olho, eu vou parar
             F
Só pra castigar

 C               G                    Dm
Hoje, não sobra cabelo arrumado na cabeça
         F                           C
No rumo do seu quarto, hoje ranco a telha
           G                            Dm
Quando cê for virando o olho, eu vou parar
             F
Só pra castigar

[Final] C  G  Dm  F  C

 


 

Esperando Na Janela – Falamansa

[Intro]  E  B  E  B

 

E                              B
  Ainda me lembro do seu caminhar
                                 E
Seu jeito de olhar eu me lembro bem
                             B
Fico querendo sentir o seu cheiro
                            E
É da daquele jeito que ela tem

                            B
O tempo todo eu fico feito tonto
                                E
Sempre procurando mais ela não vem

                           B
E esse aperto no fundo do peito
                                    E
Desses que o sujeito não pode aguentar
                             B
Esse aperto aumenta o meu desejo
                                   E   A  E
E eu não vejo a hora de poder lhe falar

                         F#m
Por isso eu vou na casa dela ai ai
B                     E
  Falar do meu amor pra ela vai
C#m                     F#m
  Tá me esperando na janela ai ai
B                    E
  Não sei se vou me segurar
                         F#m
Por isso eu vou na casa dela ai ai
B                     E
  Falar do meu amor pra ela vai
C#m                     F#m
  Tá me esperando na janela ai ai
B                    E
  Não sei se vou me segurar

( E  B  E  B )

E                              B
  Ainda me lembro do seu caminhar
                                 E
Seu jeito de olhar eu me lembro bem
                             B
Fico querendo sentir o seu cheiro
                            E
É da daquele jeito que ela tem

                            B
O tempo todo eu fico feito tonto
                                E
Sempre procurando mais ela não vem
                           B
E esse aperto no fundo do peito
                                    E
Desses que o sujeito não pode aguentar
                             B
Esse aperto aumenta o meu desejo
                                   E   A  E
E eu não vejo a hora de poder lhe falar

                         F#m
Por isso eu vou na casa dela ai ai
B                     E
  Falar do meu amor pra ela vai
C#m                     F#m
  Tá me esperando na janela ai ai
B                    E
  Não sei se vou me segurar
                         F#m
Por isso eu vou na casa dela ai ai
B                     E
  Falar do meu amor pra ela vai
C#m                     F#m
  Tá me esperando na janela ai ai
B                    E
  Não sei se vou me segurar

( E  B  E )

                         F#m
Por isso eu vou na casa dela ai ai
B                     E
  Falar do meu amor pra ela vai
C#m                     F#m
  Tá me esperando na janela ai ai
B                    E
  Não sei se vou me segurar
                         F#m
Por isso eu vou na casa dela ai ai
B                     E
  Falar do meu amor pra ela vai
C#m                     F#m
  Tá me esperando na janela ai ai
B                    E
  Não sei se vou me segurar

 


 

Rindo À Toa – Falamansa

[Intro]  G  D  Em  C  D  G  D

 

G          D               Em
  Tô numa boa, tô aqui de novo
                              C
Daqui não saio, daqui não me movo
          D                    G
Tenho certeza, esse é o meu lugar
   D
Ah ah

G          D                 Em
  Tô numa boa, tô ficando esperto
                                C
Já não pergunto se isso tudo é certo

          D               G
Uso esse tempo pra recomeçar
   D
Ah ah

C         G          D
  Doeu, doeu, agora não dói
  Não dói
C             G         D
  Chorei, chorei agora não choro mais
      C
Toda mágoa que passei
     G
É motivo pra comemorar
      A7
Pois se não sofresse assim
             D
Não tinha razões pra cantar

 G           D
Há há há há há
                   Em
Mas eu tô rindo à toa
                                 D
Não que a vida esteja assim tão boa
           C            D    G
Mas um sorriso ajuda a melhorar
   D
Ah ah

G                   D                Em
E cantando assim parece que o tempo voa
                                D
Quanto mais triste mais bonito soa
        C          D      G
Eu agradeço por poder cantar
     D            G
Lalaia laia laia iô!

( G  D  Em  C  D  G  D )

G          D               Em
  Tô numa boa, tô aqui de novo
                              C
Daqui não saio, daqui não me movo
          D                    G
Tenho certeza, esse é o meu lugar
   D
Ah ah

G          D                 Em
  Tô numa boa, tô ficando esperto
                                C
Já não pergunto se isso tudo é certo
          D               G
Uso esse tempo pra recomeçar
   D
Ah ah

C         G          D
  Doeu, doeu, agora não dói
  Não dói, não dói..
C             G         D
  Chorei, chorei agora não choro mais
      C
Toda mágoa que passei
     G
É motivo pra comemorar
      A7
Pois se não sofresse assim
             D
Não tinha razões pra cantar

 G           D
Há há há há há
                   Em
Mas eu tô rindo à toa
                                 D
Não que a vida esteja assim tão boa
           C            D    G
Mas um sorriso ajuda a melhorar
   D
Ah ah

G                   D                Em
E cantando assim parece que o tempo voa
                                D
Quanto mais triste mais bonito soa
        C          D      G
Eu agradeço por poder cantar
     D            G
Lalaia laia laia iô!

( G  D  Em  C  D  G  D )
( G  D  Em  C  D  G  D )

 


 

Colo de Menina – Falamansa

[Intro]  D  A  Bm  G  A  D
         D  A  Bm  G  A

 

D                A
  A lua quando brilha
          Bm  G  A
Falo de amor
D                   A
  No gingado desse xote
               Bm  G  A
Sinto o teu calor
D              A
  A noite acordado
             Bm       G    A
Sonho com você híê! hiê! hiê!

         D
O som ligado
              A
E fico perturbado
               Bm   G  A
Sem ter o que fazer

D               A       Bm
  E tento sair dessa rotina
           G          A    D
Não quero não o colo de mamãe
          A         Bm
Só quero colo de menina
E pouco a pouco
        G       A   D
Conquistar teu coração
D               A       Bm
  E tento sair dessa rotina
           G          A    D
Não quero não o colo de mamãe
          A         Bm
Só quero colo de menina
E pouco a pouco
        G       A   D
Conquistar teu coração

          F#m            Bm
No outro dia a gente se vê
             G
Vou pr'o um lugar
            A     D
Que lembre do sertão
            F#m
E canto um xote
              Bm
Prá te convencer
            G
Vou te ensinar
        A     D
Como viver é bom

         A
E amar até!
       Bm
Amar até!
      G     A       D
Até quando Deus quiser
         A
E amar até!
       Bm
Amar até!
      G     A       D
Até quando Deus quiser

( D  A  Bm  G  A  D )
( D  A  Bm  G  A )

D                A
  A lua quando brilha
          Bm  G  A
Falo de amor
D                   A
  No gingado desse xote
               Bm  G  A
Sinto o teu calor
D              A
  A noite acordado
             Bm       G    A
Sonho com você híê! hiê! hiê!
         D
O som ligado
              A
E fico perturbado
               Bm   G  A
Sem ter o que fazer

D               A       Bm
  E tento sair dessa rotina
           G          A    D
Não quero não o colo de mamãe
          A         Bm
Só quero colo de menina
E pouco a pouco
        G       A   D
Conquistar teu coração
D               A       Bm
  E tento sair dessa rotina
           G          A    D
Não quero não o colo de mamãe
          A         Bm
Só quero colo de menina
E pouco a pouco
        G       A   D
Conquistar teu coração

          F#m            Bm
No outro dia a gente se vê
             G
Vou pr'o um lugar
            A     D
Que lembre do sertão
            F#m
E canto um xote
              Bm
Prá te convencer
            G
Vou te ensinar
        A     D
Como viver é bom

         A
E amar até!
       Bm
Amar até!
      G     A       D
Até quando Deus quiser
         A
E amar até!
       Bm
Amar até!
      G     A       D
Até quando Deus quiser
         A
E amar até!
       Bm
Amar até!
      G     A       D
Até quando Deus quiser
         A
E amar até!
       Bm
Amar até!
      G     A       D
Até quando Deus quiser

 


 

Xote Dos Milagres – Falamansa

[Intro]  G  D  Am  C  D
         G  D  Am  C  D

 

G            D        Am
Escrevi seu nome na areia
   G                   D
O sangue que corre em mim
            Am
Sai da tua veia
G       D          Em
  Veja só você é a única
                 C    D
Que não me dá valor
G                  D
  Então por que será que este valor

            Am
É o que eu ainda quero ter

G                 D
  Tenho tudo nas mãos
               Em
Mas não tenho nada
   C
Então melhor ter nada
         D              G
E lutar pelo que eu quiser

       D
Ê, ma péra aê
           Am
Ouça o forró tocando
         C     D
E muita gente aê
G        D           Am
  Não é hora pra chorar

Bm                                    Am
  Porém não é pecado se eu falar de amor
Bm                                      Am
  Se eu canto sentimento seja ele qual for
Bm
  Me leva onde eu quero ir
C
  Se quiser também pode vir
Bm
  Escuta o meu coração
     Am                    D           G
Que bate no compasso da zabumba de paixão

       D                     Am
Ê pra surdo ouvir, pra cego ver
                     C      D    G
Que este xote faz milagre acontecer
       D                     Am
Ê pra surdo ouvir, pra cego ver
                     C      D    G
Que este xote faz milagre acontecer
       D                     Am
Ê pra surdo ouvir, pra cego ver
                     C      D    G
Que este xote faz milagre acontecer
       D                     Am
Ê pra surdo ouvir, pra cego ver
                 C      D    G
Falamansa faz milagre acontecer

( G  D  Am  C  D )
( G  D  Am  C  D )
( G  D  Am  C  D )

G            D        Am
Escrevi seu nome na areia
   G                   D
O sangue que corre em mim
            Am
Sai da tua veia
G       D          Em
  Veja só você é a única
                 C    D
Que não me dá valor
G                  D
  Então por que será que este valor
            Am
É o que eu ainda quero ter

G                 D
  Tenho tudo nas mãos
               Em
Mas não tenho nada
   C
Então melhor ter nada
         D              G
E lutar pelo que eu quiser

       D
Ê, ma péra aê
           Am
Ouça o forró tocando
         C     D
E muita gente aê
G        D           Am
  Não é hora pra chorar

Bm                                    Am
  Porém não é pecado se eu falar de amor
Bm                                      Am
  Se eu canto sentimento seja ele qual for
Bm
  Me leva onde eu quero ir
C
  Se quiser também pode vir
Bm
  Escuta o meu coração
     Am                    D           G
Que bate no compasso da zabumba de paixão

       D                     Am
Ê pra surdo ouvir, pra cego ver
                     C      D    G
Que este xote faz milagre acontecer
       D                     Am
Ê pra surdo ouvir, pra cego ver
                     C      D    G
Que este xote faz milagre acontecer
       D                     Am
Ê pra surdo ouvir, pra cego ver
                     C      D    G
Que este xote faz milagre acontecer
       D                     Am
Ê pra surdo ouvir, pra cego ver
                 C      D    G
Falamansa faz milagre acontecer

 


 

Vem Meu Amor – Wesley Safadão

Tom: Am

              C                        F
Quando eu te vejo, paro logo em seu olhar
         Dm            E           Am
O meu desejo é que eu possa te beijar
                                       F
Sentir teu corpo, me abrigar em seu calor
                G                    C
Pois o que eu quero é ganhar o seu amor
                                F
E fico assim querendo o seu prazer
          Dm         E           Am
Eu não resisto um minuto sem te ver
                             F
Sua presença alegra meu coração
           G                     C
Foi pra você que eu fiz essa canção

                                F
Vem, meu amor, me tirar da solidão
           Dm        E          Am
Vem, meu amor, me tirar da solidão
                               F
Vem para o Olodum, vem dançar no Pelô
           G
Vem, meu amor, chega pra cá, me dar a mão
           C                    F
Vem, meu amor, me tirar da solidão
           Dm        E          Am
Vem, meu amor, me tirar da solidão
                               F
Vem para o Olodum, vem dançar no Pelô
           G
Vem, meu amor, chega pra cá me dar a mão

          C                         F
E fico assim o tempo todo a te esperar
            Dm       E          Am
Até que um dia você possa se tocar
          C                    F
E vir correndo me tirar a solidão
        G                        C
E só assim conquistarei seu coração

                                F
Vem, meu amor, me tirar da solidão
           Dm        E          Am
Vem, meu amor, me tirar da solidão
                               F
Vem para o Olodum, vem dançar no Pelô
           G
Vem, meu amor, chega pra cá me dá a mão

( C  F  Dm  E  Am  F  G )

              C                        F
Quando eu te vejo, paro logo em seu olhar
         Dm            E           Am
O meu desejo é que eu possa te beijar
                                 F
Sentir seu corpo, me abrigar em seu calor
                G                    C
Pois o que eu quero é ganhar o seu amor
                                F
E fico assim querendo o seu prazer
          Dm         E           Am
Eu não resisto um minuto sem te ver
                             F
Sua presença alegra meu coração
           G                       C
Foi pra você que eu canto essa canção

                                F
Vem, meu amor, me tirar da solidão
           Dm        E          Am
Vem, meu amor, me tirar da solidão
                               F
Vem para o Olodum, vem dançar no Pelô
           G
Vem, meu amor, chega pra cá, me dar a mão
           C                    F
Vem, meu amor, me tirar da solidão
           Dm        E          Am
Vem, meu amor, me tirar da solidão
                               F
Vem para o Olodum, vem dançar no Pelô
           G
Vem, meu amor, chega pra cá me dar a mão

          C                         F
E fico assim o tempo todo a te esperar
            Dm       E          Am
Até que um dia você possa se tocar
          C                        F
E vir correndo me tirar minha solidão
        G                        C
E só assim conquistarei seu coração

                                F
Vem, meu amor, me tirar da solidão
           Dm        E          Am
Vem, meu amor, me tirar da solidão
                               F
Vem para o Olodum, vem dançar no Pelô
           G
Vem, meu amor, chega pra cá, me dar a mão
           C                    F
Vem, meu amor, me tirar da solidão
           Dm        E          Am
Vem, meu amor, me tirar da solidão
                               F
Vem para o Olodum, vem dançar no Pelô
           G
Vem, meu amor, chega pra cá me dar a mão

 


 

Não Conto – Wesley Safadão

 

Intro: G

G
Já que quer saber, vim só pra dizer
                  C
Que eu tô por aí como o povo diz
           G
O que não quer dizer
                                       C
Que eu sem você esteja mais feliz

Tô só me virando

Am
Verdade eu tó saindo pra beber a noite
C
Tem Whisky com meu nome no clube do bar
G
Eu não vou negar, não tem como negar
Am
Eu tomo meu café em qualquer padaria
C
Eu tô chegando em casa amanhecendo o dia
Am                                                D
Só isso que eu tinha pra falar

Refrão;
                                           G
A parte que eu quebrei a cara eu não conto
                        Em
Os porres de saudade de você eu não conto
                                   C
Que eu saio por aí desabafando e chorando
                         D
Isso eu não vou contar
                        G
E que eu já dormi no carro eu não conto
                                Em
Os tombos que eu levo na ressaca eu não conto
                       C
Que eu saio por aí desabafando e chorando

Não conto, não conto
       D
Isso eu não vou contar

 


 

Rainha da Balada – Simone e Simaria

Intro: Em                   C   Bm
            Hey Hey Hey Hey

Em
Final de semana ela liga pras amigas
       C
E combina, eu tô passando ai
Hoje a noite é nossa
Bora beber e bora curtir

Em
O carro lotado
Som bem alto
                      C
Mais um toque do perfume
Retoque na maquiagem
                         Em
Pare o carro e desce, flash
        Em
Parece ate que são rainhas da balada
            C              Bm
Quando ela chega toda festa para
        Em
Parece ate que são rainhas da balada
            C               Bm
Quando ela dança todo mundo para

        Em
Ela só toma whisky de primeira
Quando tão louca sobe em cima da mesa
  C
Começa a mexer, começa mexe

             Fn                             C
Eu disse desce, desce desce desce desce desce
           Fn                             C
disse desce, desce desce desce desce desce

                         Em
Pare o carro e desce, flash
        Em
Parece ate que são rainhas da balada
            C              Bm
Quando ela chega toda festa para
        Em
Parece ate que são rainhas da balada
            C               Bm
Quando ela dança todo mundo para

Em                   C   Bm
     Hey Hey Hey Hey