cifra simplificada

Somos Quem Podemos Ser – Engenheiros do Hawaii

Somos Quem Podemos Ser - Engenheiros do Hawaii

(intro 2x)  G  C

   G
   p i m a m a p i m a m i

   C
   p i m a m a p i m a m i

(primeira parte)
    G                              C
Um dia me disseram que as nuvens não eram de algodão
    G                                   C
Um dia me disseram que os ventos às vezes erram a direção
   G                           C
E tudo ficou tão claro, um intervalo na escuridão
        G                        C
Uma estrela de brilho raro, um disparo para um coração

(segunda parte)
   Bm                           C
A vida imita o vídeo, garotos inventam um novo inglês
   Bm                         C
Vivendo num país sedento um momento de embriaguês

(refrão)
 Am                Bm
Somos quem podemos ser
 Am                Bm  C
Sonhos que podemos ter

(intro 2x) G  C

(variação da primeira parte)
    G                          C
Um dia me disseram quem eram os donos da situação
        G                            C
Sem querer eles me deram as chaves que abrem esta prisão
   G                             C
E tudo ficou tão claro, o que era raro ficou comum
         G                          C
Como um dia depois do outro, como um dia, um dia comum

(segunda parte)
   Bm                           C
A vida imita o vídeo, garotos inventam um novo inglês
   Bm                       C
Vivendo num país sedento um momento de embriaguês

(refrão)
 Am                Bm
Somos quem podemos ser
 Am                Bm   C
Sonhos que podemos ter

(solo) G  C (2x)
       Bm  C (2x)
       Am  Bm C  D

(violão solo)

(parte 1 – 2x)

   G              C
   p   i m a m i   p     i m a m i

(parte 2)

       Bm        C           Bm

       C      Am           Bm

(parte 3)

   C      D              harm.

(terceira parte)
    G                              C
Um dia me disseram que as nuvens não eram de algodão
        G                            C
Sem querer eles me deram as chaves que abrem esta prisão

  Bm                           C
Quem ocupa o trono tem culpa, quem oculta o crime, também
  Bm                            C                       Bm
Quem duvida da vida tem culpa, quem evita a dúvida também tem
   C      Bm          C
uh uh       uh        uh uh

(refrão)
 Am                Bm
Somos quem podemos ser
 Am                Bm   C   G
Sonhos que podemos ter

Outras Tabs

(solo introdução)

   G              C
   p   i m a m i    p    i m a m i

dedilhados da primeira parte)

(violão 2)

   G
   p i m p i m p i m p i m

   C
   p i m a m i p   i m p i m

(dedilhados da segunda parte)

(violão 1 – 2x)

   Bm
   p i m a m a p i m a m i

   C
   p i m a m a p i m a m i

(violão 2 – 2x)

   Bm
   p i m a m i a m i a m i

   C
   p i m a m i a m i a m i

(dedilhados do refrão)

(violão 1)

  Am         Bm         Am         Bm C
  p i m a m i…

 


 

Pra Ser Sincero – Engenheiros do Hawaii

Pra Ser Sincero - Engenheiros do Hawaii

Base: D G A Bm G A 
 

               D
    Pra ser sincero
          G         A               Bm
    Não espero de você mais do que educação
    G             A    G             A
    Beijos sem paixão, crimes sem castigo
     Bm              G           A
    Aperto de mãos, apenas bons amigos

               D
    Pra ser sincero
          G          A  Bm
    Não espero que você minta
           G       A          Bm
    Não se sinta capaz de enganar
               G         A      D
    Quem não engana a si mesmo

             Bm       A        Bm
    Nós dois temos os mesmos defeitos
            Bm     A        Bm
    Sabemos tudo a nosso respeito
             Bm           A        G
    Somos suspeitos de um crime perfeito
        F#m        Em        F#        E
    Mas crimes perfeitos não deixam suspeitos

               D
    Pra ser sincero
          G         A               Bm
    Não espero de você mais do que educação
    G             A    G             A
    Beijos sem paixão, crimes sem castigo
     Bm              G           A
    Aperto de mãos, apenas bons amigos

               D

    Pra ser sincero
          G          A        Bm
    Não espero que você me perdoe
        G             A     Bm
    Por ter perdido a calma
               G              A      D
    Por ter vendido a alma ao diabo

           Bm
    Um dia desses
                             G
    Num desses encontros casuais
             Bm
    Talvez a gente se encontre
                                   G
    Talvez a gente encontre explicação

           Bm
    Um dia desses
                             G
    Num desses encontros casuais
              Bm
    Talvez eu diga

    Minha amiga
               G
    Pra ser sincero

    Prazer em vê-la
        A
    Até mais…

             Bm       A        Bm
    Nós dois temos os mesmos defeitos
            Bm     A        Bm
    Sabemos tudo a nosso respeito
             Bm           A        G
    Somos suspeitos de um crime perfeito
        F#m      Em        F#        E
    Mas crimes perfeitos não deixam suspeitos

 


 

Eu Que Não Amo Você – Engenheiros do Hawaii

Eu Que Não Amo Você - Engenheiros do Hawaii

Intro: Em C G D 

 

Em
Eu que não fumo queria um cigarro
C
Eu que não amo você
        G                        D  
Envelheci dez anos ou mais nesse último mês

Am             G
Senti saudade, vontade de voltar
Am                   G
Fazer a coisa certa: aqui é o meu lugar
Em                             A
Mas, sabe como é difícil encontrar
Am        C                          G
A palavra certa, a hora certa de voltar
Am        C                        D
A porta aberta, a hora certa de chegar

Em
Eu que não fumo queria um cigarro
C
Eu que não amo você
        G                        D        
Envelheci dez anos ou mais nesse último mês
Em                               C
Eu que não bebo pedi um conhaque pra enfrentar o inverno
    G                                            D
Que entra pela porta que você deixou aberta ao sair

Am                      G
O certo é que eu dancei sem querer dançar
Am               G
Agora já nem sei qual é o meu lugar
Em                                       A
Dia e noite sem parar procurei sem encontrar
Am         C                         G
A palavra certa, a hora certa de voltar
Am        C                        D
A porta aberta, a hora certa de chegar

Em
Eu que não fumo queria um cigarro
C
Eu que não amo você
        G                        D        
Envelheci dez anos ou mais nesse último mês
Em                               C
Eu que não bebo pedi um conhaque pra enfrentar o inverno
    G                                            D
Que entra pela porta que você deixou aberta ao sair

Solo: Am G (2x)  
      Em Am Am C G 

      Am C D Em Am G Em

Em
Eu que não fumo queria um cigarro
C
Eu que não amo você
        G                        D         
Envelheci dez anos ou mais nesse último mês
Em                               C
Eu que não bebo queria um conhaque pra enfrentar o inverno
    G                                           D    
Que entra pela porta que você deixou aberta ao sair

Final: Em  C  G  D  (2x)

 


 

Nuvem – Engenheiros do Hawaii

Nuvem - Engenheiros do Hawaii

 

             E         A    C
  Se está com ele está sozinha
E      G#            A          Am
  E sozinha não quer mais ficar
E             E            A   C
  Se está com ele é porque quer
             E     G#    A    C   D
Porque não quer mudar

       A
Diga adeus
       B   C#m          G#m
Diga adeus ou não diga nada
       A   B  C#m
Diga adeus

E             E            A    C
  Se está chegando o fim da linha
E         G#        A     Am
  'tá na hora de saltar
E             E         A   C
  Se está com ele está sozinha
E      G#            A          C   D
  E sozinha não quer mais ficar

       A
Diga adeus
       B   C#m          G#m
Diga adeus ou não diga nada
       A   B  C#m
Diga adeus
           A          B       C#m         G#m
Não vá perder a hora certa com a pessoa errada
       A       B     E
Diga adeus, !adeus!

Solo: E E A C  
    ( E G# A C D )

A           B               G#m          C#m
A vida não pode ser um contagotas na tua mão
A               B     C#m         G#m
Chuva que não chove…sol que não sai
A           B         C#m               D   A
A vida não pode ser medida com precisão
F#m                   G#
Motor que não se move…nuvem que não se vai

E             E         A    C
  Se está com ele está sozinha
E      G#            A         Am
  E sozinha não quer mais ficar
E             E            A   C
  Se está chegando o fim da linha
E      G#            A      C   D
  'tá na hora de saltar

           A            B       C#m         G#m
Não vá perder a vida inteira com a pessoa errada
       A           B    C#m
Diga adeus, diga adeus
        A          B     C#m          G#m
Vai chover, vai secar, serão águas passadas
       A       B    E
Diga adeus! Adeus!

 


 

Lado a Lado – Engenheiros do Hawaii

Lado a Lado - Engenheiros do Hawaii

Introdução: A E F#m D E  

 

A
Não me pergunte em que dia eu nasci
Não me pergunte em que cidade eu nasci
   F
Esqueça as curvas da estrada de Santos
A
Se tu quiseres saber quem eu sou
Se tu quiseres saber quem eu sou…

            E
Me dá a tua mão
      F#m        D           E
Vem viver, vem lutar lado a lado

  A
Desarme as armadilhas, não me peça explicação
O filme favorito, time do coração
O lugar mais esquisito onde já fiz uma canção
   F
Esqueça o roteiro, não pergunte que horas são
        A
Eu não sei…

   A      E
Me dá a tua mão
     F#m         D           E
Vem lutar, vem viver ao meu lado
A       E     F#m         D           E
Vem aprender a ganhar e a perder lado a lado
        E   A
Do meu lado

F
Se tu quiseres saber quem eu sou
A
Vem
F
Se tu quiseres saber quem eu sou

   A        E
Me dá a tua mão
     F#m          D          E
Vem viver, vem lutar lado a lado
   A        E
Me dá a tua mão
     F#m        D        E
Me protege e terás proteção
       E           A
Minha mão… meu irmão