cifra simplificada

Discurso Ensaiado – Daniel

Discurso Ensaiado - Daniel

 

G
Ela me pôs contra a parede
 D
Marcou um jantar com os parentes
  C
Pra pedir sua mão
Cm
Oficialmente
 G
Só tem um problema, parceiro
D
O pai dela é bravo demais
 C
Mas não fujo da raia
 Cm
Touro eu domo com as mãos pra trás
                    G
Mas eu já fui preparado
                                D
Calcei minha bota de couro escamado

Viola no peito
            Em
Discurso ensaiado
          C
Tô indo amor
            D
Me espera amor
                G
E foi só eu chegar
                            G
Que nem precisou de conversa
                                         D
Puxei um modão das antigas e o velho chorou
 Am
Pediu outra moda xonada
 C                                           D
Que resumisse o que eu sinto por sua filha amada
                G
E foi só eu chegar
                            G
Que nem precisou de conversa
                                         D
Puxei um modão das antigas e o velho chorou
 Am
Pediu outra moda xonada
 C                                           D
Que resumisse o que eu sinto por sua filha amada
Aí eu puxei mais ou menos assim
                  C
É mais do que paixão
                  D
É mais do que prazer
                  G
Amor que não tem fim

 G
Só tem um problema, parceiro
D
O pai dela é bravo demais
 C
Mas não fujo da raia
 Cm
Touro eu domo com as mãos pra trás
                    G
Mas eu já fui preparado
                                D
Calcei minha bota de couro escamado

Viola no peito
              Em
Discurso ensaiado
          C
Tô indo amor
            D
Me espera amor
                G
E foi só eu chegar
                            G
Que nem precisou de conversa
                                         D
Puxei um modão das antigas e o velho chorou
 Am
Pediu outra moda xonada
 C                                           D
Que resumisse o que eu sinto por sua filha amada
                G
E foi só eu chegar
                             G
Que nem precisou de conversa
                                        D
Puxei um modão das antigas e o velho chorou
 Am
Pediu outra moda xonada
 C                                           D
Que resumisse o que eu sinto por sua filha amada
Aí eu puxei mais ou menos assim
                  C
É mais do que paixão
                  D
É mais do que prazer
                  G
Amor que não tem fim

 


 

 

Menino da Porteira – Daniel

Menino da Porteira - Daniel

 

A                   
Toda vez que eu viajava
                      E
Pela estrada de Ouro Fino
De longe eu avistava
                  A
A figura de um menino

Que corria abrir a porteira
                   E
Depois vinha me pedindo
Toque o berrante seu moço
          D     E     A
Que é pra eu ficar ouvindo
       D               
Quando a boiada passava
                  E
E a poeira ia baixando
Eu jogava uma moeda
            A
Ele saia pulando 
Obrigado boiadeiro
                        E
Que Deus vá lhe acompanhando
Pra aquele sertão afora
        D     E    A    E A E A E A E A E A
Meu berrante ia tocando 
                       
A      
No caminho desta vida
                         E
Muito espinho eu encontrei
Mas nenhum caso mais fundo
                   A
Do que isso que eu passei
                          
Na minha viagem de volta
                      E
Qualquer coisa eu cismei
Vendo a porteira fechada
     D    E        A
O menino não avistei 
 D
Apeei do meu cavalo
                        E
Num ranchinho à beira chão
Vi uma mulher chorando
                     A
Quis saber qual a razão 
Boiadeiro veio tarde
                     E
Veja a cruz no estradão
Quem matou o meu filhinho
        D   E       A  E A E A E A E A E A
Foi um boi sem coração 
A
Lá pra banda de Ouro Fino
                 E
Levando gado selvagem
Quando passo na porteira
                 A
Até vejo a sua imagem 
                      
O seu rangido tão triste
                    E
Mais parece uma mensagem 
Daquele rosto trigueiro
     D     E    A
desejando-me boa viagem
    D                
A cruzinha do estradão
                       E
Do meu pensamento não sai
Eu já fiz um juramento
                   A
Que não esqueço jamais 
Nem que o meu gado estoure
                     E
Que eu precise ir atrás
Nesse pedaço de chão
     D           E     A
Berrante eu não toco mais

 


 

Meu Reino Encantado – Daniel

Meu Reino Encantado - Daniel

 

     A
Eu nasci num recanto feliz
                    E
Bem distante da povoação

Foi ali que eu vivi muitos anos
    D      E           A
Com papai mamãe e os irmãos
A
Nossa casa era uma casa grande
                    E

Na encosta de um espigão

        E
 Um cercado pra parta bezerro
                            A

E ao lado  um grande mangueirão

       A
No quintal tinha um forno de lenha
                          E
E um pomar onde as aves cantava
Um coberto pra guardar o pilão
    D        E         A
E as traias que papai usava
A
De manhã eu ia no paiol
                          E

Uma espiga de milho eu pegava

E
Debuiava e jogava no chão
                            A
Num instante as galinhas juntava

(Solo)

       A
Nosso carro de boi conservado
                            E
Quatro juntas de bois de primeira
Quatro cangas, dezesseis cansis
  D            E      A
Encostados no pé da figueira
A
Todo sabado eu ia na vila
                            E

Fazer compra pra semana inteira

    E
 O papai ia gritando com os bois
                            A

Eu na frente abrindo as porteiras.

       A
Nosso sítio que era pequeno
                         E
Pelas grandes fazendas cercado
Precisamos vender a propriedade
      D         E          A
Para um grande criador de gado
A
E partimos pra a cidade grande
                        E

A saudade partiu ao meu lado

  E
 A lavoura virou colonião
                          A
E acabou-se meu reino encantado

(Solo)

      A
Hoje ali só existe tres coisas
                          E
Que o tempo ainda não deu fim
A tapera velha desabada
      D        E         A
E a figueira acenando pra mim
E por ultimo marcou saudade
                          E

De um tempo bom que já se foi

       E
 Esquecido em baixo da figueira
                       A

Nosso velho carro de boi. .

 


 

Estou Apaixonado – Daniel

Estou Apaixonado - Daniel

(intro) C F G C F C

 

C
Quero beber o mel de sua boca
                  F
Como se fosse uma abelha rainha
                    G                             G                               C F C
Quero escrever na areia tua história junto com a minha
C
E no acorde doce da guitarra
                 F
Tocar as notas do meu pensamento
                  G                     G                                   C F C
Em cada verso traduzir as fibras do meu sentimento

C                     F
{Estou apaixonado
G                              C E Am
{E este amor é tão grande
                       F
{Estou apaixonado
                      G                              C F C
{E só penso em você a todo instante

C
Eu quero ser o ar que tu respira
                  F
Eu quero ser o pão que te alimenta
                  G                        G                                      C F C
Eu quero ser a água que refresca, o vinho que te esquenta
C
E se eu cair que caia em teu abraço
                F
Se eu morrer, que morra de desejo
              G                            G                                   C F C E Am
Adormecer dizendo que te amo e te acordar com beijo

(refrão)

Am                  D                         G
Quero sair contigo em noite enluarada
                      E                       F
Dois adolescentes pela madrugada
                    G                               C F C
Pra viver a vida sem pensar em nada

 


 

Adoro Amar Você – Daniel

Adoro Amar Você - Daniel

(intro) ( F#m G F#m G A )

 

      D
Tá no meu paladar
A                 G
Tá no meu olhar, olhando
      G
Seu amor meu amor
G                  D
Fica latejando em mim

Tá no meu coração
           A      G
Na luz do luar, luando

Fui me entregando
      Em
Dessa vez me pegou
G                  D
Nunca foi tão bom assim

(2ª parte)
       G
Quando não tô legal
  Em
Se estou mal eu te chamo
F#m
Quando me sinto em paz
       A     B
Eu te amo, te amo
Em                     G   
Tô afim de ficar com você
     D            C   D
Mais uns 200 anos
      G
Venha cá menina
                 A
Vem dizer que me ama
F#m                   B     
Na vida, na morte, na dor e na cama
Em                     G
O meu corpo precisa do seu
                D
E a minha alma te chama

(estribilho)
G                D
Ah! Eu adoro amar você
                           Em
Como eu te quero e eu jamais quis
              G                   A
Você me faz sonhar, me faz realizar
                   D          A D G
Me faz crescer, me faz feliz
                        D
O amor que existe entre nós dois
                     Em
É tudo que eu sonhei prá mim
                G                        A
É mais do que paixão, é mais do que prazer
                 D
Amor que não tem fim…

(solo) ( D F#m G G C D )

 


 

Evidências – Daniel

Evidências - Daniel

Intro: C G F

 

          C                 G
Quando eu digo que deixei de te amar
                 Am    C
É porque eu te amo
           F                        A
Quando eu digo que não quero mais você
                 Dm
É porque eu te quero

          G                  E
Eu tenho medo de te dar meu coração
        Am              Fm
E confessar que eu estou em tuas mãos
         D
Mas não posso imaginar o que vai ser de mim
           G          F  G
Se eu te perder um dia
        C                     G
Eu me afasto e me defendo de você
                    Am   C
Mas depois me entrego
     F                             A
Faço tipo, falo coisas que eu não sou
                 Dm
Mas depois eu nego

          G                               E
Mas a verdade é que eu sou louco por você
        Am                      Fm
E tenho medo de pensar em te perder
       C                       G
Eu preciso aceitar que não dá mais
                       F     G  
Pra separar as nossas vidas

C
E nessa loucura de dizer que não te quero
       E
Vou negando as aparências disfarçando as evidências
          F
Mas pra que viver fingindo
          Dm                     G
Se eu não posso enganar meu coração
   Dm           G
Eu sei que te amo

  C
Chega de mentiras de negar o meu desejo
        E
Eu te quero mais que tudo, eu preciso do teu beijo
       F
Eu entrego a minha vida
     Dm                         G
Pra você fazer o que quiser de mim
    Dm          G               C
Só quero ouvir você dizer que sim

             C               Dm
Diz que é verdade, que tem saudade
      F          G            C
Que ainda você pensa muito em mim
             C               Dm
Diz que é verdade, que tem saudade
                G       F   Fm  C
Que ainda você quer viver pra mim

 


 

Evidências – Daniel

Evidências - Daniel

Intro: C G F

 

          C                 G
Quando eu digo que deixei de te amar
                 Am    C
É porque eu te amo
           F                        A
Quando eu digo que não quero mais você
                 Dm
É porque eu te quero

          G                  E
Eu tenho medo de te dar meu coração
        Am              Fm
E confessar que eu estou em tuas mãos
         D
Mas não posso imaginar o que vai ser de mim
           G          F      G
Se eu te perder um dia
        C                     G
Eu me afasto e me defendo de você
                    Am     C
Mas depois me entrego
     F                             A
Faço tipo, falo coisas que eu não sou
                 Dm
Mas depois eu nego

          G                               E
Mas a verdade é que eu sou louco por você
        Am                      Fm
E tenho medo de pensar em te perder
       C                       G
Eu preciso aceitar que não dá mais
                       F        G   
Pra separar as nossas vidas

C
E nessa loucura de dizer que não te quero
       E
Vou negando as aparências disfarçando as evidências
          F
Mas pra que viver fingindo
          Dm                     G
Se eu não posso enganar meu coração
   Dm           G
Eu sei que te amo

  C
Chega de mentiras de negar o meu desejo
        E
Eu te quero mais que tudo, eu preciso do teu beijo
       F
Eu entrego a minha vida
     Dm                         G
Pra você fazer o que quiser de mim
    Dm          G               C
Só quero ouvir você dizer que sim

             C               Dm
Diz que é verdade, que tem saudade
      F          G            C
Que ainda você pensa muito em mim
             C               Dm
Diz que é verdade, que tem saudade
                G         F   Fm  C
Que ainda você quer viver pra mim

 


 

Pra Ser Feliz – Daniel

Pra Ser Feliz - Daniel

Intro: A  E  F#m  F#m  D  E  

 

A                                     E
 As vezes é mais fácil reclamar da sorte
                                     F#m
Do que na adiversidade ser mais forte
          F#m        D
Querer subir, sem batalhar
                      Bm  
Pedir carinho, sem se dar
                E   
Sem olhar do lado

A                                      E
 Já imaginou de onde vem a luz de um cego?
                                    F#m
Já cogitou descer de cima do seu ego?
            F#m     D
Tem tanta gente por aí
                        Bm  
Na exclusão, e ainda sorri
                  E   
Tenho me perguntado

           A
Pra ser feliz
                           E
Do que o ser humano necessita?
                             F#m   
O que é que faz a vida ser bonita?
      D                      E     
A resposta, onde é que está escrita?

            A
 Pra ser feliz
                               E
 O quanto de dinheiro eu preciso?
                              F#m    
 Como é que se conquista o Paraíso?
         D
 Quanto custa
                    E   
 Pro verdadeiro sorriso
             A      E   F#m  D  E  
 Brotar no coração?

 A                                E
  Talvez a chave seja a simplicidade
                         E            F#m
 Talvez prestar mais atenção na realidade
             F#m           D
 Porque não ver como lição
                     Bm  
 O exemplo de superação
               E     
 De tantas pessoas?

A                                     E
 O tudo as vezes se confunde com o nada
                      E          F#m
No sobe e desce da misteriosa escada
            F#m       D
E não tem como calcular
                     Bm   
Não é possivel planejar
            E      
Não é estratégico

           A
Pra ser feliz
                           E
Do que o ser humano necessita?
                             F#m   
O que é que faz a vida ser bonita?
      D                      E     
A resposta, onde é que está escrita?

            A
 Pra ser feliz
                               E
 O quanto de dinheiro eu preciso?
                              F#m  
 Como é que se conquista o Paraíso?
         D
 Quanto custa
                    E    
 Pro verdadeiro sorriso
             A      E
 Brotar no coração?

           A
Pra ser feliz
                           E
Do que o ser humano necessita?
                             F#m   
O que é que faz a vida ser bonita?
      D                      E     
A resposta, onde é que está escrita?

            A
 Pra ser feliz
                               E
 O quanto de dinheiro eu preciso?
                              F#m    
 Como é que se conquista o Paraíso?
         D
 Quanto custa
                    E   D
 Pro verdadeiro sorriso
             A      D E D A
 Brotar no coração?