Sistema Bruto – Chitãozinho & Xororó

C
Hoje não tem jeito, hoje vai ou racha
                         G7
Hoje eu quero ver quem segura

Chique na botina, que hoje eu tô no clima
                             C
E hoje eu quero ver quem me atura

Garçom pega a bandeja, eu quero cerveja
 C7                 F
Meia duzia pra começar
                            C
Cair do chão não passa, eu vou dormir na praça
    G7                  C
E quero ver o bicho pegar

Solta o touro ai, deixa o trem pular
                             G7
Que hoje eu quero ver o "poeirão"
 
Quem quiser curtir , quem quiser chegar
                        C
É só bater na palma da mão
  
Deixa o chão tremer, a poeira voar
    C7                  F
Que a moçada sabe o que faz 
                        C
DJ bota pressão, que a festa é de peão 
    G7                       C
E aqui o sistema é bruto demais

C G7 C

Hoje a terra treme, hoje o chão balança
                          G7
E a loira que já tá no esquema

Chega de conversa, vamo ao que interessa
                              C
Que hoje eu também tô com a morena

Não mexe aqui na mesa, que eu não pedi a conta
  C7                      F
Depois a gente vê no que dá
                     C
Garçom meu camarada, traz outra gelada
     G7                     C
E pendura essa encrenca pra lá

 


 

Galopeira – Chitãozinho & Xororó

 

Tom: C

Intro: G7  C  G7  C
 
C
  Foi num baile em assuncion capital do Paraguai onde eu vi as  
                             G7       F
Paraguaias sorridentes a bailar e ao som de suas guitarras  
        G7          C                  G7
Quatro guapos a cantar Galopeira, galopeira  eu também entrei  
   C
A dançar      
C
  Foi num baile em assuncion capital do Paraguai onde eu vi as  
                             G7       F
Paraguaias sorridentes a bailar e ao som de suas guitarras  
        G7          C                  G7
Quatro guapos a cantar Galopeira, galopeira  eu também entrei  
   C          G7                             Am      G7
A dançar Galope….ira nunca mais te esquecerei galope….ira      
       F            C                    G7
Pra matar minha saudade pra minha felicidade paraguaia, eu  
      C                   G7                      C
Voltarei pra minha felicidade paraguaia, eu voltarei 
 
(G7  C  G7  C)
 
     G7                              Am      G7
Galope…..ira nunca mais te esquecerei  galope…..ira pra  
   F            C                    G7
Matar minha saudade pra minha felicidade paraguaia, eu  
      C                    G7                      C
Voltarei  pra minha felicidade paraguaia, eu voltarei

 


 

60 Dias Apaixonado – Chitãozinho & Xororó

 

Tom: G

Intro: C  G7  C  G7  C

 

    A               E           D         A
Viajando pra mato grosso, Aparecida do Taboado
                  E               D       A
Lá conheci uma morena, que me deixou amarrado
                   E             D              A
Deixei a linda pequena por Deus confesso desconsolado
               D                      E                  A
Mudei o jeito de ser, bebendo pra esquecer, 60 dias apaixonado

(A  E  A  E)

      A              E          D               A
Dois meses juntinho dela eternamente serão lembrados
                  E         D                A                      E
Pedaços da minha vida, lembranças do meu passado, jamais será esquecida
          D                 A                         D
A imagem dela, de um anjo amado, dois meses passaram logo
                    E                A
É num copo que eu afogo 60 dias apaixonado

(A  E  A  E)

       A                 E                D          A
Se alguém fala em Mato Grosso eu sinto o peito despedaçado
                  E            D           A
O pranto rola depressa no meu rosto já cansado
                  E        D          A
Jamais eu esquecerei Aparecida do Taboado
                   D                          E                   A
Deixei a minha querida, deixei minha própria vida, 60 dias apaixonado
                   D                          E                   A
Deixei a minha querida, deixei minha própria vida, 60 dias apaixonado

Final:  A E A E

 


 

Saudade da Minha Terra – Chitãozinho & Xororó

 

Tom: D

Intro: A A D D A G F#m Em D

      D                                                                                         A
De que me adianta viver na cidade Se a felicidade não me acompanhar
                                                                                                    D
Adeus, paulistinha do meu coração Lá pro meu sertão eu quero voltar
                  G                                                                                        A
Ver a madrugada, quando a passarada Fazendo alvorada começa a cantar
                                                                        G      F#m    Em   D
Com satisfação arreio o burrão Cortando o estradão saio a galopar
                 G                       A                                               D
E vou escutando o gado berrando Sabiá cantando no jequitibá

( D A A D D A G F#m Em D )

D                                                                                                       A
Por nossa senhora, meu sertão querido Vivo arrependido por ter te deixado
                                                                                                 D
Esta nova vida aqui na cidade De tanta saudade, eu tenho chorado
                  G                                                                                              A
Aqui tem alguém, diz que me quer bem Mas não me convém, eu tenho pensado
                                                                            G        F#m     Em         D
Eu digo com pena, mas essa morena Não sabe o sistema que eu fui criado
                 G                             A                                                               D
Tô aqui cantando de longe escutando Alguém está chorando com o rádio ligado

( D A A D D A G F#m Em D )

                        D                                                                                       A
Que saudade imensa do campo e do mato Do manso regato que corta as campinas
                                                                                                     D
Aos domingos ia passear de canoa Nas lindas lagoas de águas cristalinas
                     G                                                                                       A
Que doce lembrança daquelas festanças Onde tinham danças e lindas meninas
                                                                     G      F#m    Em     D
Eu vivo hoje em dia sem ter alegria O mundo judia, mas também ensina
                    G                           A                                                          D
Estou contrariado, mas não derrotado Eu sou bem guiado pelas mãos divinas

( D A A D D A G F#m Em D )

                      D                                                                 A
Pra minha mãezinha já telegrafei E já me cansei de tanto sofrer
                                                                                                       D
Nesta madrugada estarei de partida Pra terra querida, que me viu nascer
 G                                                                                             A
Já ouço sonhando o galo cantando O inhambu piando no escurecer
                                                                    G         F#m    Em      D
A lua prateada clareando a estrada A relva molhada desde o anoitecer
                G                      A                                             D      D A G F#m Em D
Eu preciso ir pra ver tudo alí Foi lá que nasci, lá quero morrer

 


 

Página de Amigos – Chitãozinho & Xororó

 

Tom: C

Intro: C  G  F  C  G

C
Ela ligou terminando
G
Tudo entre eu e ela,
  F
E disse que encontrou
       C    G
Outra pessoa.

C
Ela jogou os meus sonhos
G
Todos pela janela
  F
E me pediu pra entender
            C    G
Encarar numa boa.

C
Como se o meu coração
                G
Fosse feito de aço
                                 F
Pediu para esquecer os beijos e abraços
                              C   G
E pra machucar ainda brincou comigo.

C
Disse em poucas palavras
             G
"Por favor entenda

o seu nome vai
                F
ficar na minha agenda
    G          C
na página de amigos".
C
Como é que eu posso ser amigo
     G
De alguém que eu tanto amei
    F
Que ainda vive aqui comigo
     C             G
Tudo dela e eu não sei.
C
Não sei o que eu vou fazer
         C7                    F
Para continuar a minha vida assim
     C                       G
Se o amor que morreu dentro dela   (2x)
          C
Ainda vive em mim.

 


 

Fio de Cabelo – Chitãozinho & Xororó

 

Tom: G

Intro: G Am D G D G (D)

G
Quando a gente ama
                 D                G
Qualquer coisa serve para relembrar
                             G7
Um vestido velho da mulher amada
            C
Tem muito valor
                             D                 G
Aquele restinho do perfume dela que ficou no frasco
              Em
Sobre a penteadeira
                  Am
Mostrando que o quarto
            D                   G
Já foi o cenário de um grande amor             (passagem) 
D               D7                      G
E hoje o que encontrei me deixou mais triste
                        D
Um pedacinho dela que existe
            C                G
Um fio de cabelo no meu paletó       (Passagem)
D                       D7
Lembrei de tudo entre nós
          G
Do amor vivido
                        D
Aquele fio de cabelo comprido
             C         D      G
Já esteve grudado em nosso suor

Quando a gente ama
             D               G
E não vive junto da mulher amada

Uma coisa à toa
           G7                C
É um bom motivo pra gente chorar
               C                D
Apagam-se as luzes ao chegar a hora
               G
De ir para a cama
          Em                       Am
A gente começa a esperar por quem ama
       D                        G      (Passagem)
Na impressão que ela venha se deitar
    D               D7                  G
E hoje o que encontrei me deixou mais triste
                        D
Um pedacinho dela que existe
             C              G
Um fio de cabelo no meu paletó
   D                   D7
Lembrei de tudo entre nós
           G
Do amor vivido
                        D
Aquele fio de cabelo comprido
             C         D     G
Já esteve grudado em nosso suor

 


 

Sinônimos – Chitãozinho & Xororó

C                    G         Dm          F  (riff 1)
Quanto tempo o coração, leva pra saber
C                     G         Dm      F ( riff 1)
Que o sinônimo de amar, é sofrer
C                G                Dm        F (riff 1)
Num aroma de amores, pode haver espinhos
C                     G                 Dm        F (riff 2)
É como ter mulheres em milhões, e ser sozinho

G                Dm           G      F (riff 3)
Na solidão de casa, descansar
G               Dm           C
O sentido da vida, encontrar
G                            Dm              F (riff 4)
Quem pode dizer onde a felicidade, esta. . .

     C                       G                      Dm (riff 1)
     O amor é feito de paixões e quando perde a razão
       F         G              C
     Não sabe quem vai machucar
                         G                      Dm
     Quem ama nunca sente medo de contar o seu segredo
         F          G          C
     Sinônimo de amor é amar

G                     D         Am           C
  Quem revelará o mistério, que tenha fé
G                     D                        Am     C
  E quantos segredos traz, o coração de uma mulher
G                     D                     Am         C
  Como é triste a tristeza, mendigando um sorriso
G                       D                       Am      C
  Um cego procurando a luz, na imensidão do paraiso

D                  Am        D       C
  Quem tem amor na vida, tem sorte
D                Am                 G
  Tem a fraqueza sabe, ser bem mais forte
D                                 Am             C
  Ninguém sabe dizer onde a felicidade, está. . .

(refrão 2x)
G                       D                      Am
O amor é feito de paixões e quando perde a razão
    C          D       G
Não sabe quem vai machucar
                    D                      Am
Quem ama nunca sente medo de contar o seu segredo
   C          D         G
Sinônimo de amor é amar

(solo) G  D  Am  C  G  Dm  F  G

C                     G         Dm          F
  Quem revelará o mistério, que tenha fé
C                     G                        Dm     F
  E quantos segredos traz, o coração de uma mulher
C                     G                     Dm       F
  Como é triste a tristeza, mendigando um sorriso
C                       G                       Dm     F
  Um cego procurando a luz, na imensidão do paraízo

(refrão 2x)
C                       G                      Dm
O amor é feito de paixões e quando perde a razão
 F         G              C
Não sabe quem vai machucar
                   G                      Dm
Quem ama nunca sente medo de contar o seu segredo
    F          G          C
Sinônimo de amor é amar