cifra simplificada

A Banda – Chico Buarque

A Banda - Chico Buarque

 

D                  A
    Estava à toa na vi__da O meu amor me chamou
F#m          B          E         A
    Pra ver a banda passar     Cantando coisas de amor
D                   A
    A minha gente sofri__da Despediu-se da dor
F#m          B          E         A            D
    Pra ver a banda passar     Cantando coisas de amor

        D                     A
O homem sério que contava dinhei__ro parou
      Am        B        Em         Em
O faroleiro que contava vanta___gem parou
      C#m        F#        F#m      B
A namorada que contava  as estre____las parou
        E                 Em    A
Para ver,    ouvir e dar passa______gem
       D                  A
A moça triste que vivia cala__da sorriu
       Am        B       Em           Em
A rosa triste que vivia fecha___da se abriu
        C#m      F#
E a meninada toda se    asanhou
F#m          B          E         A
    Pra ver a banda passar     Cantando coisas de amor

D                  A
    Estava à toa na vi__da O meu amor me chamou
F#m          B          E         A
    Pra ver a banda passar     Cantando coisas de amor
D                   A
    A minha gente sofri__da Despediu-se da dor
F#m          B          E         A            D
    Pra ver a banda passar     Cantando coisas de amor

        D                       A
O velho fraco se esqueceu do cansa__ço e pensou
              Am    B           Em           Em
Que ainda era moço pra sair no terra___ço e dançou
       C#m      F#       F#m
A moça feia debruçou   na jane____la
   B             E               Em   A
Pensando que a ban_____da tocava pra e______la
          D                       A
A marcha alegre se espalhou na aveni__da e insistiu
      Am       B         Em         Em
A lua cheia que vivia escondi___da surgiu
        C#m      F#
Minha cidade toda se    enfeitou
F#m          B          E         A
    Pra ver a banda passar     Cantando coisas de amor

D                     A
    Mas para meu desencan__to O que era doce acabou
F#m       B           E             A
    Tudo tomou seu lugar     Depois que a banda passou
D                      A
    E cada qual no seu can__to Em cada canto uma dor
F#m          B          E         A
    Depois da banda passar     Cantando coisas de amor
D          B          E         A
    Depois da banda passar     Cantando coisas de amor
D          B          E         A            D
    Depois da banda passar     Cantando coisas de amor

 


 

Iolanda – Chico Buarque

Iolanda - Chico Buarque

                                C
Esta canção nao é mais que mais uma canção
D                        G          C      D
Quem dera fosse uma declaração de amor
G                    C
Romântica, sem procurar a justa forma
D                            G
Do que me vem de forma assim tão caudalosa
 D  Em    C G   Am    D C   D       G
Te amo,          te amo,            eternamente te amo

G                       C
Se me faltares, nem por isso eu morro
D                              G    C   D
Se é pra morrer, quero morrer contigo
G                        C
Minha solidão se sente acompanhada
D                            G
Por isso às vezes sei que necessito
  D  Em   C   G   Am  D C   D        G
Teu colo,          teu colo,           eternamente teu colo

G                           C
Quando te vi, eu bem que estava certo
D                     G    C   D
De que me sentiria descoberto
G                     C
A minha pele vais despindo aos poucos
D                           G
Me abres o peito quando me acumulas
 D    Em   C  G     Am D C  D         G
De amores,          de amores,          eternamente de amores

G                       C
Se alguma vez me sinto derrotado
D                        G  C D
Eu abro mão do sol de cada dia
G                         C
Rezando o credo que tu me ensinaste
D                          G
Olho teu rosto e digo à ventania
 D   Em  C  G   Am  D C   D       G
Iolanda,          Iolanda,           eternamente

 


 

João e Maria – Chico Buarque

João e Maria - Chico Buarque

 

Am             Dm          G            C  E Am
Agora eu era o herói e o meu cavalo só falava inglês
             Dm    G               C
A noiva do cowboy era você além das outras três
                 B         B         Em
Eu enfrentava os batalhões, os alemães e seus canhões
                 C               F               E     Am
Guardava o meu bodoque e ensaiava o rock para as matinês

              Dm      G                  C     E   Am
Agora eu era o rei, era o bedel e era também juiz
            Dm               G         G    A
E pela minha lei a gente era obrigado a ser feliz
G  A  Dm         G             C
E     vo…cê era a princesa que eu fiz coroar
      C     F                           E       Am
E era tão linda de se admirar que andava nua pelo meu país

Am           E
Não, não fuja não
           Gm                   Dm  G
Finja que agora eu era o seu brinquedo
             C              E
Eu era o seu pião, o seu bicho preferido
Am         E           Gm              Dm
Vem, me dê a mão, a gente agora já não tinha medo
Bm         Am             Am     E      Am
No tempo da maldade acho que a gente nem   tinha nascido

            Dm              G            C   E  Am
Agora era fatal que o faz-de-conta terminasse assim
                 Dm         G                  G    A
Pra lá desse quintal era uma noite que não tem mais fim…..
G  A  Dm         G           C
Pois  vo…..cê sumiu no mundo sem me avisar
           F                                  E             Am
E agora eu era um louco a perguntar o que é que a vida vai fazer de mim