cifra simplificada

Singular – Anavitória

Singular - Anavitória

Intro: G C Am Em

 

C
É tão singular
G                 Am
O jeito que me observa acordar
Em                C
E meu cabelo não parece te assustar
G                    Am
Você, incrivelmente, não se importa
D
Se eu te chutar a noite inteira
C
É singular
G                   Am
Tua vergonha e tua forma de pensar
Em                       C
O teu abraço que me enlaça devagar
G                    Am             D
E enfeita todos os meus dias e horas 
   Am                     C
É tão particular o meu encontro 
                  G
quando é com você
                       D
O meu sorriso quando tem o teu pra
             Am
 acompanhar
                            C
As minhas histórias quando você
               G
para pra escutar
                     D
A minha vida quando tenho alguém 
pra chamar
    C
De vida

(G Am Em C G Am Em ) 2x

C
É tão singular 
G                     Am
A habilidade que eu tenho em montar
Em                   C
Um arsenal de clichês pra te cantar
G                     Am            D
Na intenção de te fazer não esquecer
                 C
Que eu nunca vou parar de te chutar 
G
a noite inteira
       Am
Mesmo se você brigar
Em
Eu te enlaço
          C
E não me permito soltar
G              Am
Pro nosso nós não deixar de ser 
    D               C   D
assim: tão singular
Am                     C
É tão particular o meu encontro 
                  G
quando é com você
                       D
O meu sorriso quando tem o teu pra
             Am
 acompanhar
                            C
As minhas histórias quando você
               G
para pra escutar
                     D
A minha vida quando tenho alguém 
pra chamar
    C
De vida

( G Am Em C G Am  D )

 


Janeiro – Anavitória

Janeiro - Anavitória

Tom: C

Intro: Dm  Am7

         Dm           Am7
É que tu tem asas nos pés
        F              C
Que me faz querer voar também
      Dm                 Am7
Tu é paz, tu é luz, tu é mar
     F        C
É encaixe

          Dm              Am7
É que te sinto no meu paladar
        F                 C
Que me faz querer cantar também
      Dm                    Am7
Te querer, te conter em meu lar
      F          A7         Dm
Se encaixe                em mim

             Am7               Dm
Que entre janeiros busco encontrar
           Am7                 Dm
A cor do cabelo que vai te agradar
              Am7
O meu melhor cheiro pra sintonizar 
      F              A7        Dm
Teu sorriso mais belo pra desconcertar 

              Am7              Dm
Rever teus segredos no particular 
                Am7                Dm
Revirar os teus medos sem me assustar
                Am7
Debruçar nos chamegos pra me acalmar
  F                A7                         Dm
É que tu foi feita                 pra eu me encaixar

Intro: Dm  Am7  Dm  Am7

 


 

Cores – Anavitória

Cores - Anavitória

E                (pausa)
Jogue tudo que se tem pra jogar
        A
Pela janela do mais alto prédio
 E
Se desfaça das antigas cartas
              A
E das caixas velhas
                  E
Esqueça o velho amor

 E                (pausa)
Jogue tudo que se tem pra jogar
        A
Pela janela do teu quarto
 E
Se desfaça das antigas cartas
              A
E das caixas velhas
                  B
Esqueça o velho amor
           D
Solte seu cabelo
                   A
Pinte as unhas de vermelho

Se enfeite no espelho
                   B
Troque o tom do batom
               D
Amanhã é primavera
                     A
O seu inverno já passou
               (pausa)
Saia e veja o jardim

Onde nunca pisou

 


 

Tententender – Anavitória

Tententender - Anavitória

A                Em
Se eu disser que vi rastejar
   D           Dm
A sombra do avião
                 F#m E
Feito cobra no chão
 A             Em
Tent'entender minha alegria
   D             Dm                F#m  E
A sombra mostrou o que a luz escondia
 A            Em
Se eu quiser ser mais direto
 D         Dm
Vou me perder
                F#m E
Melhor deixar quieto
 A                    Em
Tent'entender tent'enxergar
D            Dm              F#m   E
O meu olhar pela janela do avião    

A              G   Bm           E
  Que amor era esse que não saiu do chão ? 
 A             G   Bm       D       E
Não saiu do lugar só fez rastejar o coração

 A
Se eu disser
     Em            D         Dm
Que tive na mão a bola do jogo
         F#m  E
Não acredite 
 A             Em
Tent'entender minha ironia 
 D            Dm       F#m E
Se eu disser que já sabia
A                   Em
O jogo acabou de repente
D                      E
O céu desabou sobre a gente
 A                Em
Tent'entender eu quero abrigo
D              Dm           F#m  E
E não consigo ser mais direto

A              G   Bm           E
  Que amor era esse que não saiu do chão? 
 A             G    Bm      D       E
Não saiu do lugar só fez rastejar o coração

(A Em D Dm F#m E) (x2)

A (pausa)                        E
 Que amor era esse que não saiu do chão? 
 A             G     Bm       D      E
Não saiu do lugar só fez rastejar o coração

  Bm B      F#m   D    E   A  (nessa parte, apenas uma batida pra cada acorde)
Ele só fez rastejar o coração

 


 

Coisa Linda – Anavitória

Coisa Linda - Anavitória

Tom: G

Intro: G D Em D C 

 

 G  D  Em D  C 
Coisa linda  vou pra onde voce esta
                    G
Não precisa nem chamar
 D     Em D   C                  G
Coisa linda  vou pra onde voce esta

Verso:

 C                 G                D
Linda do jeito que é  da cabeça ao pé
                 Em
Do jeitinho que for
C             G                    D
É e só de pensar sei que ja vou estar
              Em  D           C D G
Morrendo de amor ooo… de amor

Refrão:

 G  D  Em D  C 
Coisa linda  vou pra onde você está
                    G
Não precisa nem chamar
 D     Em D   C                  G
Coisa linda  vou pra onde você está

Verso:

 C              G                     D
Linda feito manhã  feito chá de hortelã
                 Em  D
Feito ir para o mar
 C               G                   D
Linda assim  deitada com a cara amassada
                 Em  D  C          D   G
Enrolando o acordar aaa…. o acordar

Refrão:

 G  D  Em D  C 
Coisa linda  vou pra onde você está
                    G
Não precisa nem chamar
 D     Em D   C                   G
Coisa linda  vou pra onde você está

 C                         D
Aaa se a beleza mora no olhar
                           Em    C 
No meu voce chegou e resolveu ficar
               G  D
Pra fazer teu lar
       D       G
Pra fazer teu lar

Refrão (2x):

 G  D  Em D  C 
Coisa linda  vou pra onde você está
                    G
Não precisa nem chamar
 D     Em D   C                 G
Coisa linda  vou pra onde você está

 


 

Amores Imperfeitos – Anavitória

Amores Imperfeitos - Anavitória

Tom: G

[Intro] A  A7  D

 A
Não precisa me lembrar
 
Não vou fugir de nada
 A7                          D
Sinto muito se não fui feito um sonho seu
A
Mas sempre fica alguma coisa

Alguma roupa pra buscar
A7
Eu posso afastar a mesa
         D
Quando você precisar

        Bm7            D
Sei que amores imperfeitos
         E             A
São as flores da estação

A
Eu não quero ver você
Em
Passar a noite em claro
D                               F#m
Sinto muito se não fui seu mais raro amor
A
E quando o dia terminar
A7
E quando o sol se inclinar
     Em
Eu posso por uma toalha
       D
E te servir o jantar

        Bm7             D
Sei que amores imperfeitos
         E             A
São as flores da estação

 Bm7
Mentira se eu disser
               A
Que não penso mais em você
Em                      D
E quantas páginas o amor já mereceu
  Am7                      D 
Os filósofos não dizem nada

 D                     Em
Que eu não possa dizer
                       D 
Quantos versos sobre nós eu já guardei
      Am7                    C 
Deixa a luz daquela sala acesa
      D           A  A7 D
E me peça pra voltar

( A   A7  D )

 Bm7                    D
Sei que amores imperfeitos
         E             A
São as flores da estação

 Bm7                    D
Sei que amores imperfeitos
         E             A
São as flores da estação

 A
Não precisa me lembrar
 
Não vou fugir de nada
 A7                               D
Sinto muito se não fui feito um sonho seu

 


 

Chamego Meu – Anavitória

Chamego Meu - Anavitória

Tom: C

Intro: F  C  Am  G  F  C  Am  G

         F
Chamego meu
          C
Olha pra cá
         Am7               G
Esse sorriso de orelha a orelha
           F
Tenta guardar
         C
É pra você
          Am7                      G             F
Por bagunçar a minha paz, a armadura e minha calma
       C            Am7
É tão bom te acompanhar
         G          F
E ver você sendo você
         C          Am7
Te observar me adivinhar
              G            F
E me ler sem legenda nenhuma
       C          Am7
É tão fácil te gostar
      G          F
Vira parte do viver
           C      Am7
Se tu não se envaidecer
         G
Prometo sempre lhe dizer
         
  F
Chamego meu
          C 
Olha pra cá
         Am7               G
Esse sorriso de orelha a orelha
           F
Tenta guardar
         C 
É pra você
          Am7                     G              F
Por bagunçar a minha paz, a armadura e minha calma
       C             Am7
É tão bom te acompanhar
         G          F
E ver você sendo você
         C            Am7
Te observar me adivinhar
              G            F
E me ler sem legenda nenhuma
       C           Am7
É tão fácil te gostar
      G          F
Vira parte do viver
           C         Am7
Se tu não se envaidecer
         G
Prometo sempre lhe dizer

                          F     C    Am7  G
Que esse sorriso é pra você
                          F     C    Am7  G
Que esse sorriso é pra você

 


 

Linda – Anavitória

Linda - Anavitória

Tom: G

[Intro] C  D  Bm  Em
        C  D  Bm  Em

Vem
    C
Ô, linda
                  D               Bm
O que é que você faz pra ser assim tão linda?
                      E
Quando se olhar no espelho, diz assim
    C
Tô linda
            D               Bm
Não sei o que dizer pra te ganhar ainda
         Em
Mas o começo pode ser assim

C                    D
  Avisa geral que já era

Não tô mais sozinho na pista
Bm                        Em
   Avisa pra elas que eu já fui

Pra zoeira, dei hasta la vista
C                       D
  Só quero uma casa no mato

E uma boa razão pra sonhar
Bm                        Em
   Um cachorro, um gato, comida no prato

E uma cama pra gente quebrar
C                 D
  Tava perdido aqui, cê veio me salvar
Bm               Em
Eu sou um eterno aprendiz, você me dá uma aula
C                   D
  É uma canção da Adele, me acalma
       Bm
Eles querem coisa de pele
   Em
A gente tem coisa de alma

    C
Ô, linda
                  D                Bm
O que é que você faz pra ser assim tão linda?
                      Em
Quando se olhar no espelho, diz assim
    C
Tô linda
            D              Bm
Não sei o que dizer pra te ganhar ainda
         Em
Mas o começo pode ser assim

    C
Ô, linda
                  D             Bm
O que é que você faz pra ser assim tão linda?
                      Em
Quando se olhar no espelho, diz assim
    C
Tô linda
            D              Bm
Não sei o que dizer pra te ganhar ainda
         Em
Mas o começo pode ser assim

   C                    D
E mesmo se eu cantasse todas as canções do mundo
        Bm            Em
Eu não saberia falar sobre algo tão profundo
C                          D
Eu sei que, no fundo, só quero algo puro
                            Bm
Se o assunto é você, não seguro

Me sinto seguro
Em
  Já posso pensar no futuro
       C           D
Então vem, você é minha baby honey
  Bm              Em
Até já desencanei    das vezes que me enganei
C                     D
Ei, eu, que vim da bagunça, até já cansei
     Bm                     Em
Não sou Jorge e Mateus, mas eu também Sosseguei

   C                 D
Vivendo nesse mundo louco
     Bm                  Em
Só quero me entregar um pouco
        C  D   Bm    Em
E permitir         sentir

E eu
   C                D
Ouvi um Djavan pra me inspirar pra te escrever
   Bm                Em
Ouvi Chico Buarque pra aprender sobre você (é real)
   C                  D
Ouvi Roberto Carlos pra saber como fazer (salve, Rei!)
     Bm                     Em
E ouvi meu coração pra ter coragem de dizer

    C
Ô, linda
                  D             Bm
O que é que você faz pra ser assim tão linda?
                      Em
Quando se olhar no espelho, diz assim
    C
Tô linda
            D              Bm
Não sei o que dizer pra te ganhar ainda
         Em
Mas o começo pode ser assim

    C
Ô, linda
                  D              Bm
O que é que você faz pra ser assim tão linda?
                      Em
Quando se olhar no espelho, diz assim
    C
Tô linda
            D             Bm
Não sei o que dizer pra te ganhar ainda
         Em
Mas o começo pode ser assim
  
      C           D
O que é que você faz?

(O que que você faz, hein?)
    Bm          Em
O que que você faz?

 C                    D              Bm      Em
Linda demais, você é linda demais, você é linda demais
    C
Ô, linda

 


 

Tua – Anavitória

Tua - Anavitória

Tom: G

(Intro: G C 2x)

G                    C
Teu jeito rima com o meu
G                    D
O tom albino da tua pele me contrasta
Em                   C
Meu toque até te escolheu 
               G
Pra te fazer casa
G                        C
Meu bem, tu tem minha saudade
         G            D
Minha verdade, meu querer

Então se deixa ser
Em
  Mais de mim e ter
C                    G         D
  Mais de mim que já é, que já tem

                 C
Eu não me importaria 
       D                    G
De dividir um colchão com você
          Em                   C
Dar meu cabelo pra de nós tu encher
        D                   Em
E me afogar no teu corpo metido a travesseiro
            C         D          G
Não contestaria um pedido de carinho teu
  Em               C           D
Café mais amargo, tua toalha jogada no quarto
        Em
Nenhum traço do que é teu

G                    C
Meu jeito rima com o teu
G                      D
O tom de noite na tua pele me contrasta
Em                    C
Teu toque até me aprendeu
                 G
Em ti fiz minha casa
G                        C
Meu bem tu tem minha saudade,
          G               D
Minha verdade, minhas canções 

Então me deixa ser
Em
  Mais de ti e ter, 
C                    G
  Mais de ti que já sou
       D
Que me deu 

                 C
Eu não me importaria 
       D                    G
De dividir um colchão com você
          Em                   C
Dar meu cabelo pra de nós tu encher
        D                   Em
E me afogar no teu corpo metido a travesseiro
            C         D          G
Não contestaria um pedido de carinho teu
  Em               C           D
Café mais amargo, tua toalha jogada no quarto
        Em
Nenhum traço do que é teu

 


 

Cor de Marte – Anavitória

Cor de Marte - Anavitória

Tom: A

Intro 2X: A  D 

 

    A
Me fita que eu gosto de me enxergar
     D                                  
Por dentro do teu olho é tão bonito de lá
     F#m
Tem cor de Marte e teletransporte 
       E
Pra galáxia que mora em você

Verso 2:

       A
Me passeia que eu gosto de arrepiar
     D
Sob suas digitais é impossível calar
   F#m
É feito sorte, me abraça forte
     E
E tateia todo meu caminho

Refrão:

     Bm
Me prova, me enxerga
    D
Me sinta, me cheira
      A
E se deixa em mim
      E             Bm
Me escuta no pé do ouvido 
               D
Todos teus sentidos
               A                  E
Que afetam os meus, que querem te ter
                Bm
Que tu me escreveu
            E
E mais uma vez

Verso 3:

    A
Me beija que eu gosto da tua textura
        D
Do teu gosto frutado, sorriso colado
      F#m
O compasso acertado
                                 E
O ritmo acelerado, encaixado no meu

Refrão:

     Bm
Me prova, me enxerga
    D
Me sinta, me cheira
      A
E se deixa em mim
      E             Bm
Me escuta no pé do ouvido 
               D
Todos teus sentidos
               A                   E
Que afetam os meus, que querem te ter
                Bm
Que tu me escreveu
            E
E mais uma vez

Ponte:

   C#m
Encontro lar 
       D
No perfume da tua nuca
 A
Na curva do teu ombro
   E
E no teu respirar
          C#m
Nas tuas pernas, nas mãos
       D
Teu cabelo
                A
E no cheiro do beijo
E
 Que faz tu grudar

Refrão:

     Bm
Me prova, me enxerga
    D
Me sinta, me cheira
      A
E se deixa em mim
      E             Bm
Me escuta no pé do ouvido 
               D
Todos teus sentidos
               A                  E
Que afetam os meus, que querem te ter
                Bm
Que tu me escreveu
            E
E mais uma vez

Refrão:

     Bm
Me prova, me enxerga
    D
Me sinta, me cheira
      A
E se deixa em mim
      E             Bm
Me escuta no pé do ouvido 
               D
Todos teus sentidos
               A                  E
Que afetam os meus, que querem te ter
                Bm
Que tu me escreveu
            E
E mais uma vez
       A
Me bordou

 

Outro: A D F#m E A